23 de mar de 2013

  • “Transtorno bipolar cristão”


    Resultado de imagem para bipolaridade cristã


    Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.  Tiago 3.12


    É muito interessante estudarmos essa passagem do livro de Tiago, pois ela nos ensina preciosas verdades sobre a natureza do homem. O texto revela que uma fonte que jorra água doce em um dia, não pode em outro dia jorrar água salgada. Imagine se uma tribo inteira dependesse dessa água para beber e matar sua sede, e essa fonte, de semana em semana, mudasse de doce para salgada? Seria estranho e cruel da parte da fonte, mas graças a Deus e às Suas leis isso não pode ocorrer.
    O mesmo texto também mostra sobre plantas frutíferas – figueiras e oliveiras. Não pode uma espécie de planta dar frutos de outra espécie, isso é impossível, vai contra as leis que regem a natureza! Imagine a cena: você colhendo uvas de uma videira, e no mês seguinte colhendo figos da mesma videira! Isso é impossível! Que situação hilária seria você ver um pé de manga cheio de laranjas, ou como o texto ensina: produzir em uma semana um fruto doce e saudável, e no mês seguinte dar um fruto venenoso, que perversão a natureza estaria cometendo se fizesse isso, não?! Pobres pessoas que dependessem desses frutos para viver, mas como eu disse, isso não pode acontecer com as plantas. Entretanto, acredite: “acontece com os homens”!
    Eles possuem essa terrível capacidade de serem bons e maus ao mesmo tempo, são capazes de amar e odiar com extrema facilidade, têm aparência boa e por dentro são maus, dizem palavras boas mas têm pensamento malignos… Essa é uma realidade comum entre os homens: terem muitas personalidades e temperamentos, produzindo maldade e bondade ao mesmo tempo.
    Então, o que Tiago quer ensinar trazendo essas ilustrações: uma fonte doce não pode dar água amarga? Ele está ensinando que, depois da nossa conversão nos tornamos uma fonte doce, temos a natureza de Cristo e Seu Espírito, então devemos jorrar somente água doce: boas obras, boas palavras, bons pensamentos… De forma que uma fonte doce não pode produzir água salgada, assim nós não devemos ficar oscilando, mas sermos realmente nascidos de novo, feitos para as boas obras, para que os homens glorifiquem a Deus por elas! (Mt 5.16)

    Esse “transtorno bipolar cristão” é muito comum atualmente e você não pode confiar em certos cristãos pois eles manifestam de tudo, aliás há muita gente com cara boa praticando só maldades – esses nem digo que oscilam – são é maus mesmo. Cheios de rancor, inveja, ira, ódio, vingança, imoralidade, cobiça, etc. Outra coisa que esse tipo de crente gosta muito de fazer é hostilizar outros crentes, ser rude, grosso, diminuir e denegrir – com palavras e tratamentos – apenas “porque não foi com a cara do outro ou porque não gostou do sucesso do outro”!
    O Corpo de Cristo (Igreja) está cheio de coisas como essas, e isso não deveria ocorrer, porque “supostamente”, somos fonte que jorra água doce – “cristãos” – e não poderíamos jorrar “água salgada” (perversão), pois à semelhança das plantas citadas, e da fonte, que dão de comer e beber a muitas vidas – e essas vidas dependem desse alimento – assim as pessoas dependem da Igreja, somos o canal que leva a elas a vida espiritual, ”o Evangelho”, trabalho esse que nem aos anjos fora confiado!
    Nosso papel é ser sal da terra e luz do mundo (Mt. 5.13-14), mas como as pessoas vão depender de nós se continuamente estamos jorrando doce e salgado? Pode um povo confiar sua gente a uma fonte dessas? Iriam morrem de sede, não é? Termino citando as palavras de Jesus:
    “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mateus 5:16.

    Paulo Junior
  • 22 comentários:

    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    2. O senhor deveria se inteirar mais do assunto, Transtorno Afetivo bipolar é uma doença e como tal deve ser tratada.
      Sugiro consultar um psiquiatra e um psicologo antes de escrever um texto que é só impropriedades.
      Nada de bom se aproveita.
      ABRATA . Associação Brasileira dos parentes e amigos dos portadores de transtornos afetivos emocionais.
      Uma boa leitura no site da instituição acima lhe esclarecerá muito.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pepo: em algumas questões referentes a enfermidades há contoversia no mendo cristão, por exemplo: pessoas doentes medicadas por causa de órgãos enfermos não tem problemas desde que não seja o cérebro. Quando o órgão doente é o cérebro parece impossível aceitar que haja tratamento e medicação.
        Tento interpretar isto e me parece que é difícil aceitar que o cérebro é um órgão biológico, assim como coração ou fígado.
        A diferença é que o cérebro é o lugar das idéias. .. e desde aí comandam-se ações.
        Quando o órgão está enfermo são essas idéias que demonstram o errado. Só que a interpretação de alguns é que aí há demônios, falta de fé, pecado oculto ou falta de caráter. ..
        No caso das doenças do coração, fígado, pâncreas ou rins, como se explica?

        Excluir
    3. Parabéns pelo post aprendi mto obrigado

      ResponderExcluir
    4. Sou cristã e sou bipolar . É muito difícil lidar com isso principalmente com julgamentos . Já tentei o suicídio quatro vezes e só estou viva pela misericórdia do Senhor. Todas as áreas da minha vida foram e são afetadas pelo TAB e poucas pessoas ficaram do meu lado mas sou grata a Deus por cada uma delas especialmente minha mãe e meu médico. E também os pastores que souberam me compreender e me aconselhar como um pastor amigo que me disse que eu não poderia fazer nada para que Deus me amasse mais e que meu relacionamento com Deus deve ser baseado na graça e não no mérito. Acho que isto vale pra mim e pra todos nós que colocamos nossa esperança no Senhor.

      ResponderExcluir
    5. Sou cristã e sou bipolar . É muito difícil lidar com isso principalmente com julgamentos . Já tentei o suicídio quatro vezes e só estou viva pela misericórdia do Senhor. Todas as áreas da minha vida foram e são afetadas pelo TAB e poucas pessoas ficaram do meu lado mas sou grata a Deus por cada uma delas especialmente minha mãe e meu médico. E também os pastores que souberam me compreender e me aconselhar como um pastor amigo que me disse que eu não poderia fazer nada para que Deus me amasse mais e que meu relacionamento com Deus deve ser baseado na graça e não no mérito. Acho que isto vale pra mim e pra todos nós que colocamos nossa esperança no Senhor.

      ResponderExcluir
    6. Sou cristã e sou bipolar . É muito difícil lidar com isso principalmente com julgamentos . Já tentei o suicídio quatro vezes e só estou viva pela misericórdia do Senhor. Todas as áreas da minha vida foram e são afetadas pelo TAB e poucas pessoas ficaram do meu lado mas sou grata a Deus por cada uma delas especialmente minha mãe e meu médico. E também os pastores que souberam me compreender e me aconselhar como um pastor amigo que me disse que eu não poderia fazer nada para que Deus me amasse mais e que meu relacionamento com Deus deve ser baseado na graça e não no mérito. Acho que isto vale pra mim e pra todos nós que colocamos nossa esperança no Senhor.

      ResponderExcluir
    7. Eu sou Cristã acredito e temo a Deus ! E creio e quero crer que ele pode me curar se quiser ! É horrível ficar assim eu sempre quero rejeitar ninguém me entende só Deus !!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Amada quero primeiramente te dizer que vc não é má e nem mesmo tem a origem do maligno, você é de Deus e tem a natureza dele tem bons desejos em seu coração e se não consegue muitas vezes executa los não é culpa sua! Se vc é bipolar deve saber que isso é doença e embora não tenha cura existem meios eficazes que te proporcionem um equilíbrio na vida . Procure um bom psiquiatra e seja verdadeira ao relatar o seu problema ele te ajudará e vc será muito feliz ! Saiba de uma coisa Jesus morreu por vc na cruz pra que vc tenha vida em abundância então busque-a pois isso é um direito teu. Beijos e espero ter ajudado ! Fica na paz

        Excluir
      2. Eu sim te entendo. Mas sei que são poucas as pessoas capazes de compreender...
        Este post é muito bom porque ajuda na divulgação deste assunto e favorece a participação das pessoas, sobretudo das que tem essas doenças ou de pessoas próximas que podem ver de perto que não é pecado ou coisa semelhante. ..
        Ótimo os comentários. ..

        Excluir
    8. Esse post não deveria ter esse título porque bipolaridade e uma transtorno mental no qual deve ser tratado com medicamentos e terapia e não tem nada a ver com ser ruim ou ser bom . Post equivocado ! Lamento pelos bipolares que possivelmente leiam esse post é acreditem nele ! Não acredite nele ! Vc é doente , não é mau, precisa de ajuda médica e podes sim ter uma vida normal. Creia ! Jesus te ama !

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Este post ajuda para que doentes e familiares de doentes entendam o que é bipolaridade. ..
        É bom bipolares que acessam aqui não ficarem tristes com estos textos... pelo contrário que sirva para compreender melhor essa patologia. ..
        Ajudou e ajudará muito este post...

        Excluir
    9. Que título infeliz! Paulo Júnior, procure se informar sobre o que é transtorno bipolar antes de utilizar esse termo para expressar uma situação completamente diferente. O seu texto está confuso, mas parece que você está se referindo a pessoas falsas, de duas caras, é isso? Porque se for isso, retire o termo Transtorno Bipolar do seu artigo, pois uma coisa não tem nada a ver com outra. A pessoa mau caráter pode ter ou não o transtorno bipolar, não tem nenhuma relação! Você está sendo tão preconceituoso como os que dizem que uma pessoa com crise epiléptica está endemoniada. Vai estudar um.pouco de neurociência, irmão, antes de ficar passando vergonha em público. Para de ofender as pessoas em nome das sua fé!

      ResponderExcluir
    10. Sobre o título sem noção desse artigo, segue o depoimento de uma cristã bipolar. Sugiro que Paulo Júnior leia todo o artigo com atenção. Quem sabe se retrata com os verdadeiros portadores de transtorno bipolar cristãos, que são bem diferentes do que ele diz aí em cima.

      “Minha fé me ajuda a conviver com a doença”

      “Sou evangélica desde criança e pertenço a uma Igreja Batista, assim como meu marido e parte da família. Tenho transtorno bipolar, e a minha fé é muito importante na convivência com esta doença. Estou estabilizada há dez anos. Por causa da fé, aceitei a condição de ter o transtorno mais facilmente, pois sei que Deus permitiu que eu tivesse isso e ele não dá um fardo mais pesado do que possamos carregar.

      “Devido à doença, tenho me achegado mais a Deus, pela oração e pela leitura da Palavra. Há pessoas na minha família, sem fé, que não aceitam de forma nenhuma a doença que também possuem. Assim, a fé é um grande diferencial. Infelizmente o preconceito é forte em todos os meios. E a ignorância, principalmente no meio evangélico, leva as pessoas a duvidarem que o transtorno seja uma doença e a até pensarem que os doentes estão possuídos por demônios.

      “Minhas piores crises eram de depressão. Nessa fase, as pessoas são um pouco mais solidárias, embora já tenha ouvido de muitos cristãos que ‘crente não tem depressão’. E perguntaram se não seria ‘opressão’. Certa ocasião, um pastor pentecostal tentou expulsar o demônio de mim. Mal começou e já parou dizendo que eu não precisava de oração.

      Noutra ocasião, eu estava mal, e o pastor da minha igreja esteve em casa e disse para o meu marido: ‘O problema não é espiritual; leve-a a um psiquiatra’.

      “O Senhor tem colocado pessoas certas em nossa vida e tem me dado a estabilidade para eu poder cuidar do meu filho de 11 anos, que também tem transtorno bipolar. Outro dia, ele viu na TV um missionário dizer que transtorno bipolar é possessão demoníaca e então me pediu para mostrar na Bíblia que isto não é verdade. Deus me deu, então, este versículo: ‘Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca’ (I João 5:18).”

      Cláudia Hoffmann é dona de casa e mora em São Paulo
      Leia em: http://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/igreja-pode-ter-as-portas-abertas-para-quem-sofre-de-problemas-mentais.html

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Excelente mensagem e muita clara experiência de uma pessoa cristã e doente. .. desejo que muitos possam ler este testemunho. .. 👏👏👏👏👏

        Excluir
    11. Sou Cristão e namoro uma pessoa bipolar e creio que Deus pode todas as coisas.
      Estou pesquisando muito sobre o assunto.
      Creio que é mais fácil é o ser humano julgar do que tentar ajudar o outro.Não esta sendo nada fácil meu namoro porem eu creio que Deus é amor e as pessoas bipolares precisam ser amadas e ajudadas. Estou pesquisando muito a respeito do assunto e espero em Deus que ELE posso me ajudar e me dar sabedoria para ajudar meu namorado e tbem poder ajudar a qualquer pessoa que tenha esta doença.
      Na verdade pra mim esta sendo tão gratificante tudo isso que vem acontecendo, saber que pessoas precisam de ajuda e poder tentar ajuda-las.
      Que Deus abençoe a vida de cada um, não é fácil para pessoa bipolar nem para a sua família.
      O AMOR VENCE TUDO!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Já para o cristão normal é difícil ser santo, não pecar e dar frutos para Deus... a 30, 60 e 100 por 1...
        Imaginem para quem não tem domínio absoluto da psique?
        Como fazem esses irmãos para agradar a Deus e dar fruto?
        Muitas vezes no momento da depressão como ter fé? , como ter gozo?,... como ficar minimamente bem para trabalhar? Difícil. ..
        E no momento da mania?... se a cabeça ou acha que a pessoa não presta ou acha que é um gênio? (Pois na depressão há desvalizacao da persona e na mania há supervalorização)...
        Como mantera ou equilíbrio mental, emocional e volitivo para ser um cristão normal, agradando Deus, se manter santo e dar frutos?
        Ainda mais não sentir o peso da culpa... e mais ainda, superar a vergonha que se sente após ser ciente dos erros no período de mania...
        Há mensagens teologicas para ajudar estes irmãos?

        Excluir
    12. Sou bipolar cristã e sou de Jesus!!! Cuidado ao escreverem coisas e ferirem pessoas que já são tão feridas!!! Sejam mais sábios!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Muitas vezes tenho comentado com irmãos : o mundo condena, p diabo condena, própria conciencia condena / diariamente / já é difícil para o cristão lidar com as condenações e acusacoes... imagina terem que ler ou ouvir mensagens condenatórios... (a graça cura... a misericórdia cura... acompanhar só ouvindo cura)...
        Vamos orar e cuidar para proteger as ovelhas de Jesus?... não façamos mais difícil a vida dessas pessoas que sofrem muito e não sabem como lidar... abraço

        Excluir
    13. Tomara meu testemunho ajude muitos...
      Me converti aos 17 anos quase 18. Ao pouco tempo faleceram meus pais (aceitaram o evangelho e partiram salvas), perdimos bens materiais e eu passei muitas provações. Eu comecei sentir coisas que não sabia explicar e que me traziam muita tristeza. .. fazia jejuns, pregava a palavra e fazia esforços para agradar Deus mas isso não me trazia paz; ao contrário, fardo.
      Minha saúde piorou e meus estudos também pois não podia me concentrar. ..
      Amei e amo meus irmãos em Cristo, mas foi difícil para eles entender isto. Muitas vezes me reprenderam demônios, que aparentemente não saiam... recibi conselhos e cuidados mas também nessa época era difícil no mundo cristão entender estas situações. .. na minha congregação eu foi o primeiro a ter esses sintomas. Depois houve outras pessoas...
      Décadas se passaram e ainda eu espero que saiam esses demônios. ..
      Já ouvi dizer sobre pecados ocultos, sobre janelas abertas ao maligno, sobre cristão não pode sofrer esse tipo de doenças nem tomar remédios para problemas psicológicos; já ouvi o testemunho dum pastor dizer a sua esposa que tinha depressão : ou os remédios ou a fé! !!
      Já ouvi um outro pastor dizer a uma mulher idosa : deixe os remédios. ..
      Já ouvi dizer que é igual ao apóstolo Paulo que há demônios, mensageiros do maligno que vem por causa da arrogância ou soberba.
      Já ouvi muitas coisas que modestamente fazem com que o cristão deseje não participar do meio cristão, porque quaisquer doença até é aceita... mas doença da psique ou emocional, não.
      Eu sou o primeiro a acreditar e aceitar que Jesus Cristo na cruz levou todas as nossas doenças. .. Ele salva, cura e liberta... prospera e cuida...
      Mas de fato, (desconheço os motivos) vi crentes tomando remédios para a pressão arterial, para diabetes, para tiróide, além de usarem óculos para miopia e sofrerem outras doenças. .. já vi crentes sofrir muito mesmo não apenas pela doença da alma ou da psique mas pela impossibilidade de serem bons cristãos e poder conviver em lugares cristãos. ..
      Gostaria de lhe dizer a todo cristão que sofre este tipo de enfermidade que cuide a sua cabeça, que nunca jamais se condene, que seja ciente que ainda não há respostas como o doente cristao desejaria mas que Deus está presente e ama... que se são julgados ou condenados, que não se abalem pois a Palavra de Deus é para trazer alivio e salvação não condenação. ..
      Já ouvi dizer que os que tem problemas mentais são os "dobre ânimo" que menciona Tiago. ..
      É bom que muitos saibam sobre o sofrimento de milhares de cristaos ... e que possam receber compreensão e ânimo, não julgamento ou condenação. E se é para lhes dizer que cristão com depressão ou com bipolaridade tem demônios pois por amor e misericórdia que repreendam e libertem esses irmãos. Porque se lhes dizem que estão com o demônio e não os libertam, como fica o crente que já tem problema antes de ouvir que tem demônio?
      Mando um abraço a todo crente que sofre... e sinta -se amado e cuidado por Deus... nunca nunca condenado. .. porque para quem tem problema psicológico não é questão de querer ou não é questão de não poder...
      Outra coisa que ouvi dizer é : você não tem fé, é falta de fé...
      Ou não tem vontade de se curar... falta atitude.
      Vocês acham que um doente iria querer sofrer? Mas nem doido!!! Ele é o primeiro a querer se curar, a ter fé, a desejar ter vontade e atitude, mas não pode...
      Então mais amor... abraço

      ResponderExcluir
    14. Espetacular mensagem de pessoa doente aí http://perdaodedeus.blogspot.com.br/2016/08/capitulo-1-o-transtorno-afetivo-bipolar.html?m=1

      ResponderExcluir
    15. A paz de Cristo pra todos,sou cristao desde dos meus 16 anos, hoje ja com 37, profissão ENFERMEIRO, passei por alguns percalces e acabei descobrindo que tinha o cid 10: f31 (o TAB ), nascir na fe na igreja batista tradicional, depois passei para a pentecostal, no ultimo dia 20 de agosto fui a uma outra igreja batista e eu fiz uma prova com Deus sobre os remedios que eu fazia uso, e Deus falou comigo atraves da palavra dele em ATOS 3, tomei aquela palavra pra mim e decidir aplicar em minha vida e ja estou a 9 dias sem tomar as medicacoes, estou usando a FE, porem os sintomas como: desconfianca das pessoas, choro, tontura, pensamento acelerado, taquicardia, insonia ainda estavaM persistindo; entretanto, antes eu sentia esses sintomas mesmo medicado e ainda vinha a vontade do Suicidio.
      Irmaos, diante das ajudas que foram dadas eu entendo perfeitamente que tudo é a vontade de Deus, e creio que se ele ja tirou o fardo do suicidio, e a desconfiaca e ja esta diminuindo os sintomas pra ja é um progresso muito grande pra minha melhora. Deus abencoe cada um de vcs.

      ResponderExcluir

    Art. 5°, CF

    VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    Copyright @ 2014 Descobrindo as Verdades.